quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Casos Sinistros da Música: Jim Morrison

Fala galera!

Sei que muita gente curte (e eu me incluo nessa...) esses casos sinistros da música. É um assunto meio complicado, não pra postar, mas sim a pesquisa. É demorado encontrar informações precisas, mas o resultado vale a pena!


Agora é hora de revelar a história do falecido vocalista do Doors, o famoso Jim Morrison. Quem imaginaria que ele viria parar aqui, ainda mais sobre esse assunto?


Jim nasceu em 1943 e faleceu em 1971, aos 27 anos. Faz parte do famosos "Clube dos 27", que são artistas que morreram aos 27 anos, como Jimmy Hendrix, Janos Joplin, Brian Jones, Kurt Cobain e Amy Winehouse.

Pra quem vê uma apresentação ao vivo do Doors tem uma certa estranheza: porque o Morrison dança daquele jeito? Será que são só as drogas mesmo?

Uma das maiores lendas (ou não) sobre o Doors é que Jim Morrison se casou com uma de suas admiradoras em um ritual de magia negra (ou wicca, depende da fonte), mas ele mesmo confessou que tudo não passou de uma doideira de ácidos.

Morrison e seu gosto "estranho" por vestimentas indígenas.

Mas a lenda por trás da lenda pode ser lida nesse trecho de uma entrevista de Morrison:

"Meus pais, meus avós e eu estávamos dirigindo através do deserto, ao amanhecer, e vimos um caminhão carregado de trabalhadores indígenas que havia acabado de bater em outro carro... 
Eu não sei bem o que aconteceu direito...
Mas lá estavam vários índios espalhados pela estrada, sangrando até a morte.
Então meu pai parou o carro. Foi a primeira vez que experimentei o medo. Eu deveria ter por volta de 4 anos...
A reação que tenho agora, quando olho pra trás... são as almas dos fantasmas dos índios mortos... talvez um ou dois deles... correndo feito loucos, sem saber o que fazer... e então eles se aproximaram... e pularam em minha alma...

... E eles continuam aqui."

É meio notório que algo fora do comum realmente acontecia: não ão em todos os shows, já que não são muitos os registros, em certos momentos Morrison parece entrar em transe, e começa a dançar como um índio. De repente para, e tudo volta ao "normal".

O início do transe... sentado como
se estivesse em frente a uma fogueira...

... E o início da dança indígena.

Conta-se que Morrison morreu com 27 anos, pois o índio que habitava em sua alma teria essa mesma quantidade de anos para viver antes de sua morte repentina. E viveu com Jim Morrison por este tempo. A prova maior é que o vocalista não morreu por overdose, e apenas assinaram parada cardíaca no atestado de óbito para a liberação do corpo, já que na verdade a causa da morte foi desconhecida.

Quem quiser e tiver oportunidade de assistir o filme "The Doors", com Val Kilmer e dirigido por Oliver Stone, pode ver uma amostra dessa história.


Será verdade?
Mais um mito no mundo da música?
O que vocês acham?

Nenhum comentário:

Postar um comentário