quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Profecias do Fim do Mundo que não deram muito certo...

Muito se fala do 2012, calendário Maia etc e tal...
Mas não é a 1ª vez que é falado sobre isso, mudam-se as teorias, mas o fim é o mesmo: Extinção, Arrebatamento, Dia do Julgamento, Juízo Final, Apocalipse, Armagedom... vários nomes pra uma coisa só.
Fiz uma pesquisa (demorou um bocado) e vou postar aqui algumas das datas previstas para o Fim do Mundo.
Esse papo é mais antigo do que a gente imagina!

OBS: Não venho aqui desmerecer ou criticar essa ou aquela religião ou crença. É isso que faz o mundo interessante. Cada um crê no que acredita, e venho aqui apenas demonstrar alguns exemplos de que "prever" o Fim do Mundo não é certo, já que na própria Bíblia diz que "nem Jesus sabe o dia do fim...".
Aproveitem!




- Em 960, Bernard de Thurings anunciou, com alarme na Europa, que o mundo só tinha mais 32 anos de existência. Felizmente para ele morreu antes da data anunciada.

- O mundo acabaria 1000 anos após o nascimento de Cristo. Parece não ter havido tanto "barulho" como se pensa. Mas é significativo que o Papa Silvestre II e o imperador Otão III tenham terminado as suas quesílias politicas.

- 31.12.1033: Afinal não se devia contar a partir do nascimento mas sim da morte de Cristo...

-  O astrólogo João de Toledo, em 1179, anuncia o fim do mundo quando todos os planetas estiverem em conjunção em Libra. Se incluirmos o Sol, isso aconteceu em 23 de Setembro de 1186 às 16:15 TMG, ou a 3 de Outubro do novo calendário. O arcebispo de Cantuária pediu um dia de oração, o alinhamento ocorreu, o Fim do Mundo não.

- Joaquim de Fiore apontou para 1260. O ponteiro não estava bom.

- Uma das previsões mais espetaculares foi em 1 Fevereiro 1524. O fim seria pela água. Em Junho de 1523 os astrólogos calcularam que o Fim se iniciaria em Londres com um dilúvio. 20.000 pessoas abandonaram as suas casas. O pároco de S. Bartolomeu construiu uma fortaleza com água e comida para dois meses de espera. Quando nada aconteceu fizeram-se novos cálculos que apontaram para mais cem anos. Mas esse ano foi mesmo especial! Nicolaus Pere previu que a conjunção dos principais planetas em Peixes (um simbolo da água), o que reforçava a ideia do diluvio. Uma das vozes que se levantou contra foi George Tannstetter, astrólogo e matemático. No seu horóscopo previu que viveria para lá de 1524, o que o levou a negar os outros calculos. Era um céptico. Uma inundação gigante foi prevista para 20 de Fevereiro (ou 2 de Fevereiro) pelo astrólogo Johannes Stroeffler em 1499. A conjunção envolvia Mercurio, Venus, Marte, Jupiter e Saturno, mais o Sol, todos em Peixes. Mas foi em 23 e não em 20. Em resposta a estas profecias, na Alemanha, as pessoas construiam barcos, e um Conde Von Iggleheim construiu uma arca com 3 andares. O mesmo se passava em Toulouse. Quando choveu ligeiramente na data prevista as pessoas atacaram a arca do Conde. Pessoas morreram.

- 1532: Frederick Nansea, bispo de Viena, achou que um grande desastre estava próximo. Acreditou nas testemunhas que o informavam do que viam: cruzes sangrentas no céu, um cometa, três sóis, um castelo no céu.

- 13 Outubro 1533, 8h00: Michael Stifel (tambem conhecido por Stifelius) calcula a data e hora a partir do Livro das Revelações. Quando o mundo não se evaporou, perdeu as suas vestes eclesiásticas.

- 1537: Uma lista de profecias surge em Dijon, França, atribuidos ao astrólogo Pierre Turrel, a titulo póstumo. Ele usou 4 métodos diferentes de cálculo, chegando a 4 datas diferentes espalhadas por 277 anos.

- 1572: Eclipse solar em Londres e espectaculares novas no céu. Pânico geral.

- O astrólogo Ciprian Leowitz, incluido em 1559 no index de autores proibidos por Paulo IV, prediz o fim para 1584. Pelo sim, pelo não, calcula cartas astrológicas até 1614.

- O rabi Sabbati Zevi, de Smyrna, interpreta a cabala mostrando que o Messias e o seu advento chegam em 1648. Em 1665, apesar de nada ter acontecido, os seus seguidores tinham aumentado, e a nova data é marcada para 1666. Cidadãos de Smyrna abandonam o trabalho e preparam-se para o regresso a Jerusalem. Os problemas aumentam quando Zevi é preso pelo sultão de Constantinopla. Este converte Zevi ao Islamismo e o movimento acaba.

- O Cardeal Nicholas de Cusa, sem autorização do Vaticano, declara o Fim para 1704.

- 13.10. 1736: Novo fim do mundo a começar em Londres, e seria um dilúvio. Desta vez previsto por William Whiston. Nem sequer choveu.

- Emanuel Swedenberg anuncia o fim do mundo, informado por um anjo, segundo ele, para 1757.

- Uma galinha (isso, você leu certo, GALINHA!), na cidade de Leeds, na Inglaterra, começou a botar ovos com a frase "Cristo está chegando". De fato, em 1806, isso deixou muita gente cagando de medo, porque todos achavam que o Apocalipse estava muito próximo.

- Willian Miller previu o fim do mundo entre 21/03/1843 e 21/03/1844. Quando a data passou, disse para aguardar até outubro. O mundo não acabou, mas seus seguidores formaram a Igreja Adventista do Sétimo Dia.

Os 4 Cavaleiros do Apocalipse... eu não queria conhecer eles...

- Outra importante profecia que datava o fim da humanidade foi a de Nostradamos, seus escritos de mais de 400 anos, afirmavam que “no ano 1999, sétimo mês / Do céu virá o grande rei do terror”.

- Joseph Smith, fundador da religião Mórmon, nos Estados Unidos, afirmou aos líderes da igreja em 1835 que Deus havia lhe dito que Jesus retornaria em 56 anos.

- 1874 foi a data calculada por Charles Taze Russel das Testemunhas de Jeová para o Fim.

- 1881 foi a data obtida através de medições na Grande Pirâmide de Gizé, no túmulo de Cheops. Novos cálculos, mais "precisos" alteram a data para 1936. Melhorando-se ainda a medição e os calculos, obteve-se 1953. Continuam a ser feitas medições.

- Jeane Dixon (1918-1997): "Em 1999, os E.U.A. e os seus aliados estarão em guerra como a Russia e os seus satélites. Misseis russos provocarão um holocausto nuclear nas cidades dos EUA".

- Testemunhas de Jeová afirmavam que Jesus voltou em 1914 e o Armagedon seria em 1918. Aí ele foi "adiado" para 1925, 1941, 1975 e 1995. Não acabou e isso foi deixado pra lá.

"...E ao soar das sete trombetas..."

- Willian Braham, americano da Igreja Pentecostal, afirmou que recebeu a visita de sete anjos, em fevereiro de 1963, disse que o mundo acabaria em 1977. Mesmo se acabasse na data que ele disse, William não chegaria a ver esse dia: morreu em 1965 em um acidente de carro.

- Contrariando o que diz em Mateus 24:36 que afirma que ninguém, nem o Filho, sabe quando o fim chegará, o fundador da Coalizão Cristã, Pat Robertson, se levantou em 1980 para anunciar o fim. Suas palavras asseguravam que o dia do julgamento seria em 1982.

- O pastor evangélico californiano Harold Camping já havia previsto o fim do mundo para 06/09/1994.

- Quando o cometa Hale-Bopp surgiu em 1997, surgiram rumores de que uma nave alienígena estaria seguindo o cometa - encoberto, é claro, pela NASA e pela comunidade astronômica.
Embora a alegação tenha sido refutada por astrônomos - e poderia ser refutada por qualquer pessoa com um bom telescópio - os rumores foram espalhados por um reconhecido programada de rádio.
A partir de então, uma seita que cultuava a ufologia em San Diego, chamada Heaven's Gate, concluiu que o mundo iria acabar em breve.
O mundo realmente teve um fim, mas apenas para os 39 membros do grupo, que se suicidaram em 26 de março de 1997.

- 18 de Agosto de 1999: Criswell (1907-1982): Um Arco Iris Negro (uma perturbação magnética na atmosfera causada por atrações gravitacionais no universo) retirará oxigénio da Terra. Esta deixará a sua órbita e encaminhar-se-á para o Sol.

- Richard Noone, autor do livro "5/5/2000 Ice: the Ultimate Disaster" ("5/5/2000 Gelo: A Catástrofe final", na tradução do inglês).
Segundo Noone, a massa de gelo da Antártida ficaria com 3 km de espessura em 5 de maio de 2000 - data em que os planetas seriam alinhados no céu, de algum modo, resultando no degelo global.

- Segundo o pastor da Igreja de Deus, Ronald Weinland, o fim dos tempos está sobre nós - mais uma vez. Em seu livro "2008: God's Final Witness" ("2008: O testemunho final de Deus", no original em inglês), ele afirma que centenas de milhões de pessoas vão morrer e, até o final de 2006, "haverá um prazo máximo de dois anos para o restante do mundo mergulhar no pior momento de toda a história humana".

- E em 2012 o mundo acabaria, segundo o calendário Maia. Porém um cientista, recentemente, provou que o cálculo feito para se chegar à 2012 também está errado, devido ao cálculo de uma constante. O erro seria por volta de 50 ou  100 anos, ou seja, pode ser que demore mais 100 anos para "acabar", ou já se passou 100 anos da previsão.


Mas o que realmente importa é crer em Deus e Jesus!!

Um comentário: